Review: Hotel Milano, Punta del Este

Hotel Milano, Punta del Este
Meu quarto era o da janela à esquerda, no 2º andar

Depois que decidi passar as minhas breves férias em Punta, fui atrás de um hotel que coubesse no orçamento. Sou mega fã de hostel, mas como o tempo era curto, estava disposta a pagar a mais por um pouco de conforto e privacidade. E não vou mentir, escolhi o Hotel Milano (Calle 24 N°880 entre 28 y 29, Peninsula )por questão de preço mesmo. Pelo Booking, ele reunia boas qualificações nos três quesitos essenciais na hora de escolher a hospedagem: preço, localização e reviews.

Fiz a viagem de ônibus. Sai de Porto Alegre numa quinta-feira (17/8). Cheguei em Punta de por volta das 6h do dia seguinte, ainda noite. Mas, diferente do Brasil, é super tranquilo andar sozinha por lá em qualquer horário. Então, fui do terminal de ônibus para o hotel a pé sem problema nenhum. Eram 600m, 5 quadras. Rapidinho estava lá.

O maior problema de acomodações em geral é, na minha opinião, o horário do check in. O horário padrão tende a ser 12h ou 14h. E dependendo de transporte coletivo – e de preço acessível – às vezes o nosso horário de chegada é bem distante do horário de entrada no hotel. No meu caso, chegar às 6h e só poder entrar no quarto às 14h não me pareceu tão atraente. Ao entrar em contato com o hotel, me informaram que, com uma taxa de 20 doletas eu poderia ter acesso ao quarto antes, mediante disponibilidade. Com o dinheiro curto pensei, ok, é uma opção, mas não pretendo usá-la.

Ao chegar no hotel, cheguei a declinar a oferta. Mas ao vislumbrar o tanto de tempo que eu teria que ficar assistindo tv no lobby do hotel (Aracnofobia me traumatizou!), dei meia volta e optei por pagar a taxa. O check in foi super rápido. Meu recibo da hospedagem já estava pronto, só preenchi uma ficha padrão com os meus dados. Minha reserva era para três diárias (entrada na sexta, 18/8, saída na segunda, 21/8) e o valor de 126 dólares (+/- R$ 400) já havia sido debitado do cartão de crédito. A taxa de 20 dólares eu paguei só no check out.

O hotel tem dois andares e meu quarto estava, claro, no segundo andar. Não tem elevador. A moça da recepção perguntou se eu  precisava de ajuda para carregar a mala, mas em dois lances de escada eu me garantia.

Meu quarto, o 26, era na parte da frente do hotel, com vista para a rua. Uma pena, fosse na parte de trás, eu teria uma vista do mar. Mas esse é apenas um detalhe.

Localização

Playa el Emir, nos “fundos” do Hotel

Como falei antes, ele fica bem próximo do terminal de ônibus e em uma região bem central da península. Bem na frente dele tem um mercadinho e, indo para a direita, a apenas uma quadra fica a Praia El Emir, banhada pelo Atlântico. Para a esquerda, mais cinco quadras e está a Praia Mansa, banhada pelo Rio da Prata. É super tranquilo de fazer toda a região da península a pé.

Acomodação

Hotel Milano, Punta del Este

O quarto era bastante aconchegante. O piso era de laminado, fato que pra mim deixa tudo mais confortável. A cama bem ampla e mega hiper confortável. No domingo, foi difícil abandonar a cama para ir aproveitar o dia! O quarto tem ar-condicionado, televisão, cofre, frigobar, armário, cabides, uma escrivaninha que tinha um pequeno espelho, uma tomada e luz (ótima para fazer aquela make!). Tinha tomada dos dois lados da cama, mas com entradas diferente. Eu, por exemplo, só conseguia carregar meu celular em um dos lados.

Hotel Milano, Punta del Este

No banheiro, uma espelho maravilhoso e secador de cabelo que, para a minha grata surpresa não era tão fraco não. Como eu tenho bastante cabelo, sempre sofro pra secar minha juba nos 1000 watts dos secadores de hotel. Esse, tinha 1200!

Hotel Milano, Punta del Este

Outra grata surpresa: foi o primeiro lugar que eu fiquei no Uruguai (e já foram alguns lugares ;)) que o box era de vidro! Outro ponto mega positivo para o hotel. Cortina de tecido grudando na bunda durante o banho não é nada agradável! O chuveiro era ótimo também: boa pressão e bem quentinho.

Eu tenho uma coisa com temperatura. Normalmente, sinto bastante frio. Então banhos bem quentes me ganham muito. Ar condicionado potente também. Não era bem o caso aqui. Demorava bastante para aquecer o quarto. Por isso, adotei um comportamento nada ecológico: quando eu saia à noite, sempre deixava o ar ligado!

Estrutura geral

Hotel Milano, Punta del Este

O hotel oferece wi-fi, que funcionava muito bem em todos os ambientes. Logo na entrada do hotel, tem uma sala com sofás e televisão e um computador à disposição dos hóspedes. A área de café é no ambiente ao lado. Eu achei tudo bem aconchegante, quentinho e super cheirosinho. Todo o hotel tinha um cheirinho de limpeza incrível! Para quem for no verão, tem uma piscina e além disso, eles emprestam cadeiras, guarda-sóis e até guarda-chuva! Eles não possuem estacionamento, mas como eu disse lá no início, Punta é bem tranquila e não me parece um grande problema deixar o carro estacionamento em frente ao hotel.

Hotel Milano, Punta del Este

O café da manhã é bem honesto. Além de café, tinha umas três opções de sucos, achocolatado, chás, cereais, pães doces e salgados, queijo, presunto, salame, frutas, manteiga, doce de leite e geleias. Domingo eu pulei o café, mas segunda-feira aproveitei que o hotel estava vazio e tomei um café com tudo que eu tinha direito.

Hotel Milano, Punta del Este
Aproveitei que estava sozinha, e tomei um café bem sossegadamente

O atendimento também é excelente. Todo o pessoal super educado e solicito. Quando cheguei, a persiana do meu quarto não estava fechando completamente. Antes de ir dar uma volta, falei sobre isso. A luz principal do quarto também não ligava, mas nem lembrei de falar sobre isso. Quando voltei, todos os probleminhas estavam resolvidos! Além disso, o check out na segunda-feira era às 12h e o meu ônibus só às 22h30. Além de deixar a bagagem lá sem problema, ainda dei umas passadinhas no hotel pra usar o banheiro, dar uma descansada e me proteger da noite fria de Punta antes de ir embora.

Conclusão

Super recomendo. E, se eu for de novo para Punta, não tenho dúvidas que me hospedarei lá novamente. Bem localizado, limpinho, aconchegante, preço justo e com ótimo atendimento. Não tenho motivo para não voltar.

10 thoughts on “Review: Hotel Milano, Punta del Este

  1. oi… me pareceu mesmo um hotel fofo e agradável. O quarto é uma graça mesmo!

    O café da manhã também me pareceu interessante! 🙂 Eu não me incomodo muito com cortina de plástico, mas informação interessante para quem não gosta né?! rsrsrs bjus

  2. Eu também odeio cortina no banheiro grudando em nós, hahahahaha. Gostei do hotel, gostei da cama confortável, do banheiro, do café da manhã. Achei um ótima opção.

  3. Sou fã do Uruguai, gosto muito de Punta, acho que é sempre uma opção gostosa para uma viagem rápida, para uma comemoração ou feriado!! Boas dicas!

  4. Parece ser simples e bom, como tem que ser mesmo. Eu gosto muito de hotéis com esse estilo, prefiro me hospedar com conforto pagando um preço bacana. Obrigado pela dica!

  5. Sempre bom saber de novas opções de hotel em Punta. Da última vez nos hospedamos em um apart-hotel que achei maravilhoso a um preço ótimo e, veja só, sem horário para check-in! Um luxo 🙂

    Clau
    as_passeadeiras

  6. Muito bom! Não conhecia muito sobre acomodações em Punta e esse é do tipo de gostamos… Às vezes o contato com outras pessoas pode até ser maior…

  7. Que lindinho o hotel. Eu também sempre tenho problema com os horários de check in. Ainda bem que você achou um lugar que reuniu o mais importante: preço, localização e reviews, afinal todos buscamos por isso. Abraços.

  8. Se a cama é boa e o quarto é limpo, tá valendo! Também tenho pavor de cortina de box grudando na gente! Eu geralmente escolho hotel pela localização, dependendo do motivo da viagem. Se for a Punta algum dia, vou checar esse hotel! Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *