Passeio no Cemitério Père-Lachaise, em Paris: vale a pena?

cemiterio pere lachaise (11)

Confesso que cemitérios não estão no topo da minha lista quando o assunto são passeios durante minhas viagens. Morte pra mim é sinônimo de tristeza, e mesmo achando as construções belíssimas, a carga emocional é pesada demais. Mas visitar o cemitério Père-Lachaise e o túmulo de Jim Morrison sempre foi um objetivo, herança da minha adolescência roqueira. E tratei de fazer isso em uma das minhas visitas a Paris. 

cemiterio pere lachaise (1)

Localizado no 20° arrondissement e servido pelo metrô Père-Lachaise, o cemitério é o descanso final de inúmeras personalidades, além de Morrison. É lá que estão enterrados nomes como Maria Callas, Édith Piaf, Allan Kardec, Chopin, Molière, Honoré de Balzac, Oscar Wilde, Isadora Duncan, Delacroix, Cyrano de Bergerac e Marcel Proust, entre outros.

cemiterio pere lachaise (6)

Se você quer visitar todos os túmulos famosos, recomendo que compre um mapa na entrada do cemitério (coisa de um ou dois euros), porque é humanamente impossível memorizar a localização de todos. Coloque um sapato confortável e prepare-se para caminhar bastante, pois o lugar é gigantesco.

cemiterio pere lachaise (9)

Eu fui até o local em um domingo de manhã, então o cemitério estava bem vazio e não vi grandes manifestações populares, mas não se engane: fica bem claro que elas acontecem aos montes por lá. O jazigo de Jim Morrison é cercado por bitucas de cigarros e garrafas vazias que o pessoal deixa por lá, ignorando as grades. No túmulo de Oscar Wilde as mulheres costumam deixar marcas de batom pra ter sorte no amor, e o busto de Allan Kardec também é ponto de peregrinação – dizem que os pedidos feitos por lá se realizam.

cemiterio pere lachaise (7)

Deixando de lado os “moradores” famosos, o Père-Lachaise também é um belo parque, com jardins bem cuidados e outros recantos que obviamente não recebem a mesma atenção. Muitas pessoas levam inclusive comidinhas e bebidinhas para fazer um piquenique por lá.

cemiterio pere lachaise (3)

Eu, por minha vez, fiquei meio assustada com o silêncio de uma manhã de domingo no outono e com a presença de corvos sobrevoando o local (eles estão por toda a cidade, mas vi filmes de terror em número suficiente pra me assustar com a cena) e passei rapidamente nos jazigos mais populares.

cemiterio pere lachaise (2)

Se recomendo o passeio? Só se você faz questão de ver algum dos túmulos do local. Senão, você com certeza pode encontrar jardins e parques mais agradáveis em Paris.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *