Os problemas que só quem se hospeda em hostel vai entender

Eu gosto de me hospedar em hostel, mesmo. Especialmente quando viajo sozinha. Acho o ambiente mais acolhedor, mais alegre, e mais propenso a estimular amizades. Grande parte dos hostels oferecem atividades em conjunto, que são ótimas pra conhecer gente bacana e que podem ser grandes companheiros pra sua viagem. E, claro, não podemos esquecer da economia: são bem mais baratos que os hotéis convencionais, e podem fazer uma diferença tremenda no seu orçamento. Mas nem tudo são flores, e a hospedagem em hostel também tem seus problemas. Se você também é adepto dessa modalidade de hospedagem, dá uma olhada e veja com quantos se identifica:

– Ter a mesma conversa com cada pessoa que encontra

Cada pessoa nova que chega no quarto compartilhado faz as mesmas perguntas “de onde você é?”, “o que está fazendo aqui?”, e por aí vai. Chega uma hora que cansa.

– Dormir em beliches

Você sai da sua casa, deixa sua cama com colchão de molas ensacadas super confortável e de repente se vê tendo que dormir em um beliche, em plena idade adulta. Já dormi em beliche triplo (!!!) e garanto, a experiência de arrumar uma cama no terceiro andar não é fácil e nem agradável.

– Chulé, ronco e etc

Não adianta: quanto mais camas no quarto compartilhado, maiores as chances de ser premiado com algum companheiro com fortes odores corporais ou pior ainda, com problemas respiratórios e fortes roncos a noite inteira. Não deixe de levar um protetor auricular e, quem sabe, um aromatizador de ambiente.

– Fazer grandes amigos… e vê-los partir

É muito legal encontrar pessoas bacanas e com quem a gente se identifica durante nossas viagens. Mas cada um tem seus planos, e nos hostels as pessoas passam especialmente rápido pela nossa vida. Considere-se sortudo se conseguir manter contato pelo Facebook depois da dolorosa separação.

– Ouvir outras pessoas fazendo sexo no quarto compartilhado

Sim, acontece. E é absolutamente desagradável.

– Sentir o cheiro ruim na cozinha compartilhada

Eu sempre tento preparar refeições no hostel, e sempre desisto devido ao cheiro ruim, especialmente na geladeira e no microondas.

– Tomar banho no chuveiro apertado (e ruim)

Banheiro de hostel é, via de regra, ruim. Geralmente eles disponibilizam alguns boxes lado a lado, cada um com um ganchinho minúsculo onde você tem que pendurar a toalha, a roupa suja, a roupa limpa e os seus produtos de higiene. Agradeça quando tem porta ou cortina. E torça para que a água tenha uma temperatura aceitável.

Conhece algum hostel que não tem nenhum desses problemas? Por favor, compartilha com a gente nos comentários!

 

2 thoughts on “Os problemas que só quem se hospeda em hostel vai entender

  1. Exceto a conversa e os beliches, acho que eu tive sorte no último hostel que fiquei. Td bem que era em SP, então culturalmente as coisas são mais fáceis pra gente, mas mesmo assim o We Design Hostel é luxo. Suíte com 5 camas femininas, o banheiro era um espetáculo, o chuveiro nem se fala…varanda no quarto. E o clima do lugar, staff e etc era uma delícia. Já fiquei 2x e sempre recomendo. http://wehostel.com.br/

    1. Bah, Livia, chuveiro espetáculo é luxo, hein?
      Obrigada pela dica, tá anotada aqui!

      Beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *