Hospedagem em Buenos Aires: Hostel Art Factory Beer Garden

hostel art factory beer garden buenos aires

Esse não é um post com uma super dica de hospedagem boa e barata. O hostel Art Factory Beer Garden, em Buenos Aires, com certeza é barato, mas não posso dizer que é bom. Eu não costumo falar de lugares que não curto aqui no blog, mas acho que a minha opinião pode ser útil caso alguém esteja considerando se hospedar por lá. Portanto, continue lendo e tire as suas próprias conclusões!

Ao procurar hospedagem para passar meu aniversário em Buenos Aires, agora em outubro, eu só tinha duas exigências: queria ficar em Palermo, e queria um quarto individual. Curto muito o ambiente dos hostels, mas não tenho mais saco para dividir quarto com pessoas estranhas. Ao fazer minha busca no Google, me deparei com o Art Factory Beer Garden, que tinha exatamente o que eu estava buscando: localizado na Avenida Paraguay, em Palermo, o hostel contava com quartos individuais, com banheiro, por apenas R$ 530 para seis dias. Que achado, hein? Mas nem tudo que reluz é ouro, já dizia a minha mãe.

A localização do Art Factory Beer Garden

Vamos começar pelo lado bom? O Art Factory Beer Garden é extremamente bem localizado. Fica a quatro quadras da Plaza Italia, onde tem estação de metrô, a poucas quadras da Plaza Serrano, o centro do agito de Palermo, a três quadras do outlet Distrito Quadros, e conta com quiosco, lancherias, supermercados e diversos restaurantes por perto.

Dali é bem simples se locomover para qualquer lugar da cidade. A gente usou metrô, ônibus e Uber para visitar pontos turísticos, sair para balada e até para ir até o Aeroparque no retorno. Caminhar pelas redondezas do hostel também era uma delícia: Palermo é uma graça, e a gente sempre encontrava alguma lojinha ou sorveteria fofa pra conhecer quando saíamos para desbravar a região.

A estrutura do Art Factory Beer Garden

O hostel está instalado em um prédio antigo, e a decoração mistura street art com elementos vintage. Os funcionários são todos muito queridos e solícitos, o que tornou as coisas mais fáceis pra gente. O local conta com venda de bebidas, alguns jogos de tabuleiro à disposição dos hóspedes, e certamente tem aqueles tours que todo hostel oferece, mas nada nesse sentido foi mencionado pra gente.

O Art Factory Beer Garden também tem uma área externa muito gostosa, com um deck instalado no pátio, lugares pra sentar, mesas, etc. Mas seria muito mais gostoso se realmente tivesse as torneiras de cerveja anunciadas no Booking para que pudéssemos fazer aquele esquenta antes da balada, né?

Pôxa, o hostel tem cerveja NO NOME!

Além disso, o wi-fi era um pesadelo. Funcionava muito mal no quarto, e funcionava pior ainda nas áreas comuns. Pra quem é autônomo como eu e precisa resolver alguns pepinos durante uma viagem, é um local completamente inviável para ficar.

Mas pra mim o pior foi que nos hospedamos nos mesmos dias que um grupo enorme de jovens que ia participar de um evento com instrumentos de sopro – e a galera praticava nos quartos, de manhã, em um volume altíssimo. Amo música, mas não era um pessoal talentoso. E o staff do hostel não fez nada a respeito.

O quarto do Art Factory Beer Garden

Tudo que eu queria era uma cama pra dormir à noite, e juro que não sou uma pessoa muito exigente. Qualquer quarto limpinho e baratinho já me deixa feliz, mas o Art Factory Beer Garden me incomodou bastante nesse sentido.

Ficamos no quarto 12, no terceiro andar. Não tem elevador, então a gente tinha que calcular bem os nossos trajetos pra evitar subidas e descidas desnecessárias. Nem pense em se hospedar por ali se você tiver malas grandes e/ou pesadas. No dia que cheguei tinha um elevador funcionando, mas ele logo estragou e não funcionou mais.

O quarto é antigo, com detalhes que entregam o descuido, como pintura descascando e móveis velhos. Tinha uma cama (solicitei duas camas de solteiro, mas fomos brindadas com uma cama de casal), um criado-mudo de cada lado e uma cômoda grande. O espaço até que era ok: nós podíamos abrir as malas e circular tranquilamente.

O nosso grande problema foi com o banheiro: além da cortina nojenta que fica grudando na gente durante o banho, o box era muito estreito, jogava muita água pra fora e não tinha ralo. Ou seja, o banheiro ficava constantemente alagado. Pra piorar, nos seis dias em que estive lá as camareiras só passaram uma vez. Então além do banheiro sempre molhado, ficamos com uma montanha de papel higiênico sujo. Eca!

Ah, importante ressaltar que o nosso quarto ficava ao lado da cozinha do hostel, o que era ótimo quando a gente precisava de algum utensílio, mas péssimo quando alguém resolvia fritar um ovo.

Conclusão

 

Ok, não dá pra dizer que a hospedagem no Art Factory Beer Garden foi de todo ruim. A cama confortável estava garantida depois das nossas noites portenhas, mas a situação do banheiro foi bem incômoda. Se você busca uma hospedagem MUITO BARATA e não se importa com banheiro molhado, se joga!

Art Factory Beer Garden

Endereço: Paraguay 4539, C1425BSO CABA, Argentina
Telefone: +54 47746910

10 thoughts on “Hospedagem em Buenos Aires: Hostel Art Factory Beer Garden

  1. Nossa, também não gostei do banheiro. A localização parece ótima, ainda mais por ser perto de metrô. Pena estes pontos negativos, né? Pelo menos o atendimento foi ok. Obrigada por compartilhar.

  2. Poxa que chato essa experiência! O que mais sou chata nos hostels é com banheiro! Entendo perfeitamente sua insatisfação, eu também teria ficado P. da vida! Pelo menos ele tem alguns pontos positivos né!

  3. Nossa, que pena vocês terem escolhido esta hospedagem hein!? Eu sou muito chata com banheiro, então acho que eu ia odiar ficar aí. Com certeza estará fora da minha lista quando eu for a Buenos Aires.

  4. Para mim o quarto também pode ser simples. Mas a limpeza é fundamental, em casa de banho (banheiro) sobretudo. E também tem que ser tranquilo, porque tenho o sono leve (daí nunca ficar em hostels). Imagina não dormir por causa do barulho, não conseguiria aproveitar bem a viagem, né?
    Obrigada por partilhar a experiência

  5. Adoro receber dicas de hospedagem, acho que facilita muito para não cair em furadas. Amei essa dica e o hotel parecer ser bem bacana. Bjs

  6. Puxa, que lástima… localização sensacional, proposta ótima, tinha tudo para ser melhor! Também opto por quartos privativos e tolero algumas coisas em hostel, mas esse banheiro passou da conta… Tomara que melhorem!

  7. Muito bom conhecer esses relatos sinceros pra gente não entrar em roubada, valeu por compartilhar. E o fato do barulho é péssimo, já que o hotel é o lugar é onde descansamos durante a viagem. Esse já tá fora da lista.
    Obrigada por dividir com a gente.

  8. Conheço bem esse hostel e os outros da mesma rede em Buenos Aires, conheço inclusive os donos, são meus amigos, mas infelizmente os hostéis deixam muito a desejar, pensei que tinham melhorado! Uma pena!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *