Balada no Fontainebleau, em Miami Beach

balada-no-fontainebleau-3

A primeira coisa que eu pesquiso quando decido uma viagem é a programação de shows e festas no destino. Sou apaixonada por noite e por cultura pop, então cada viajada é uma oportunidade de ver lugares e atrações diferentes. Na última viagem aos Estados Unidos, entre Orlando e Miami, descobri que ia ter show da Ke$ha no Hotel Fontainebleau, em Miami Beach, e foi a oportunidade perfeita de ver uma artista que está renascendo – e também de conhecer um hotel no qual eu não tenho condiçõe$ de me hospedar.

O show da Ke$ha rolou no dia 22 de outubro, e caso alguém não tenha ouvido falar dela, aqui vai uma explicação muito rapidinha: Ke$ha é uma cantora norte-americana, que fez bastante sucesso há alguns anos com um pop gostosinho, perfeito para as pistas de dança. Mas eis que ela resolveu processar sua gravadora e o produtor por conta de abusos (sexuais, psicológicos, etc), e vem sofrendo derrota atrás de derrota nos tribunais. Enquanto a pendenga judicial não se resolve, ela não pode lançar novos álbuns e tem se apresentado com uma banda e dando novos arranjos para suas velhas músicas.

Cardápio do open bar durante a balada no Fontainebleau
Cardápio do open bar durante a balada no Fontainebleau

E o Fontainebleau foi um desses lugares que contratou a Ke$ha para se apresentar nessa nova fase. O ingresso custava US$ 70 – com direito a open bar, então o valor até que foi bem justo. Nós, brasileiríssimos que somos, chegamos cedo pra aproveitar o open bar.

balada-no-fontainebleau-1

E devo dizer que não só aproveitamos o bar como a estrutura em geral: a boate do Fontainebleau é impressionante! A decoração é bacana, com um pôster gigante de Al Pacino em Scarface. Então é aquela coisa: você está em um ambiente “topzera”, que não é o que eu costumo frequentar nas minhas noitadas, mas ao mesmo tempo se sente em casa.

balada-no-fontainebleau-5

O público é uma mistura deliciosa: tinha hóspede do hotel, tinha gente mais velha, tinha gente atrás de uma boa festa (como a gente), tinha o fã-clube da Ke$ha, então deu pra ficar bem à vontade e curtir. O palco tem uma boa estrutura e pode ser visto de qualquer lugar da boate, então não havia necessidade de ficarmos colados “na grade”.

balada-no-fontainebleau-6

Os banheiros são ótimos, o lugar tem dois bares que atenderam muito bem à demanda do público, o fumódromo é organizadinho, a equipe toda muito solícita. Achei a balada no Fontainebleau muito bacana, mesmo.

balada-no-fontainebleau-2

E o show? Ah, o show foi delicioso! Ke$ha cantou todos seus sucessos, com novos arranjos, e arrasou com um cover de “You Don’t Own Me” – que tem tudo a ver com o seu momento e levou o público à loucura. Foi uma noite deliciosa, e se você tiver oportunidade de curtir um show por lá, vá sem medo!

***

Se você está planejando uma viagem aos Estados Unidos, sugerimos o chip da America Net Mobile para se manter conectado, com internet ilimitada, ligações ilimitadas para fixos no Brasil e telefones nos EUA, e ligações para celular conforme o plano que você escolher. Para alugar carro, nossa sugestão é a RentCars, com comparador, preço em reais e possibilidade de parcelamento. Compre pelos links do Viajadas: o blog recebe uma pequena comissão e você nos ajuda a produzir mais conteúdo, sem pagar a mais por isso!

11 thoughts on “Balada no Fontainebleau, em Miami Beach

  1. Boa dica, Gisele!
    Nao sou mais de balada (idade…. filhote…. as coisas começam a mudar apòs um tempo – rs) e nem conheço a cantora, mas quando viajo, verifico se algum cantor ou banda que gosto farà show na época que irei! Os preços aqui no Brasil são obcenos!
    😉

  2. Caramba que delicia de passeio!! Adoro a Kesha e ter visto um show dela nesse hotel seria um sonho! Amei seu post e vou adotar a pratica de pesquisar os eventos antes das viagens 😘

  3. Deve ter sido bem legal! Baladas fora do Brasil costumam ser muito boas!

  4. Gostei do ponto que colocou log no começo ” A primeira coisa que eu pesquiso quando decido uma viagem é a programação de shows e festas no destino.” Vou passar a olhar para isso com mais frequência agora. Bom artigo, curti.

    1. Não deixa de fazer isso, Lucas! Às vezes rende boas surpresas! 🙂

  5. Legal! Sentimos falta das baladas boas… Aqui na Ásia acaba sendo difícil de encontrar um assim, principalmente agora em Singapura! 🙂

    1. Sério que não tem boas opções aí? Eu sentiria muita falta – ou acabaria produzindo a minha própria (eu produzo festas aqui em Porto Alegre… hahaha).

      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *