Situações desesperadoras em aeroportos

aeroporto

A etiqueta própria dos aeroportos, as regras de segurança e as conexões muito longas podem começar testando a sua paciência, resistência física e força cardíaca em uma viagem mesmo antes de embarcar.

Tudo começa já pelo horário do voo. Você sai bem cedinho, de madrugada ainda, para pegar aquele voo na segunda de manhã achando que terá tempo suficiente até para tomar um cafezinho. Mas depois de vencer  um engarrafamento na entrada do aeroporto você dá de cara com uma fila imensa para entrar na zona de embarque que acaba ficando em dúvida se esta no aeroporto ou nas auditions para o The X Factor.

airport

Depois de passar pela segurança, você finalmente entra na área de embarque e fica feliz em saber que o seu portão é o 1. Mas felicidade de viajante pobre dura pouco né? Falta 10 minutos para o voo sair e o 1 é o ÚLTIMO portão (quem numerou esse p@$%?)

aeroporto

E as conexões? A sensação é que dá para começar a procurar emprego, um cantinho para morar, casar, ver seus filhos irem para faculdade… tudo isso enquanto espera pela maldita conexão.

aeroporto

A gente leva um tempão arrumando a mala, decidindo o que levar o que deixar. Aí consegue chegar naquele tamanho padrão companhia low cost. Quer dizer quase… Ficou mais gordinha de uma lado, mas vai lá.

tumblr_inline_mtwspppebi1s7t2bk

Fica na fila e reza para a comissária super bem humorada não pedir para você enfiar a mala no medidor “teste prova de fogo” de malas (na verdade não tenho ideia de como chama aquilo). A mala entra com dificuldade, tipo sapatinho de cristal na irmã da Cinderela, sabe? Quando a aeromoça pede para você dar um jeito e tem que abrir a mala no meio da fila para ajeitar tudo que não conseguiu antes, com calma. Bom, eu sempre funciono melhor sobre pressão.

aeroporto
Tão mais fácil

Aí na volta é aquele outro parto para fazer tudo caber. Vai tudo de qualquer jeito mesmo. Mas ao passar ao raio-x o segurança pede para abrir a mala.

giphy (4)
Não tem nada aí seu moço

Voa tudo: meia suja, toalha molhada, papel amassado, calcinha, sutiã. Ele mexe aqui, mexe ali. Diz que viu uma coisa pontuda. A cara nessa altura já está vermelha: a sua e a do segurança. A arma pontiaguda extremamente perigosa não passava de um imã de geladeira.

Ao chegar ao destino final, de volta em casa, como se não bastasse todas as agruras do aeroporto, ainda têm que pegar as bagagens…

giphy (2)

E você? Qual situação de aeroporto te deixa com taquicardia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *